segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Palavrões essenciais da língua alemã

(dedicado á Bárbara Magalhães, a essa hora sofrendo com loucos na Marieplatz)

Tenho uma teoria simples para o poliglotismo: a primeira expressão idiomática que você deve aprender em uma língua é "foda-se". Para que perder um precioso tempo de estudos, mais sabiamente aproveitado lendo os clássicos ou masturbando-se feito um chimpanzé, se tudo pode ser resumido a um belo e glorioso foda-se?

Não precisa aprender a dizer "obrigado". Pegue seu presente e diga: foda-se. Não se complique com "desculpe-me", ou "perdão". Pise no pé de todo mundo e apenas rilhe: foda-se. O melhor ainda é passar ordens às carrancas: exija, e quando olharem a espera de um "por favor', vocifere: FODA-SE.

Não gostou da minha teoria? Foda-se, também.

Mas chega um momento na vida do cidadão em que ele vai querer agregar valor ao seu léxico. Por que dizer apenas pau, quando se pode chamar a uma caralha adulta, em possível atividade intracicladiana, de manjoula, bironga, trosoba, jonjolo, saroba, jumelo ou piromba?

Para ajudar meus amiguinhos germanistas, segue uma compilação de um bom vocabulário para se ter na ponta da língua quando estiver na Oktoberfest em Münsch. Assim, quem sabe, você possa surpreender alguém além de si próprio por só saber falar "Scheiße", e achar que tá falando grego por isso.

Wortschatz

Arschloch = O Arsch compreende duas partes: as bochechas e o buraco, que visto de longe se parece com um asterisco ( * ). Arschloch é uma coisa que todo mundo tem e usa diariamente, seja em qual direção e sentido vetorial for. Diz a sabedoria popular brasileira, aliás, que quem o tem, tem medo.

Dumpfbacke = é como "dumb-ass", em inglês. E em português, também.

Fettarsch = literalmente, "fat ass".

Oberarsch = um "grande ass"! Não sei se isso existe em inglês, mas usamos a expressão em português com o mesmo sentido para nos referir a um idiotão.

Herunterholen = palavra mais "imprópria" para masturbação masculina.

Kacke = o equivalente a "merda" (bem sonoro, não?). O verbo é kacken.

Fotze, Pflaume, Scham (Schamlippe = os lábios), Scheide (mais "família"), Muschi = palavrões para as coisas que as mulheres mais escondem - o último, apesar de também ser bem ofensivo, pode ser mais usado em abordagens de carinho entre duas pessoas que se amam e praticam movimentos retilíneos uniformemente variados estando bem casados pela Igreja Católica.

pissen, pinkeln = fazer pipi. O substantivo é Pisse.

Schleimer = capacho, puxa-saco (algo como "lambedor"). Um dos piores xingamentos possíveis na língua (com o perdão do trocadalho).

Puff = um puteiro. A cafetina é Puffmutter.

Schwanz, Steife, Pimmel = nomes para as coisas balangantes masculinas. Bizarramente, o primeiro significa "rabo".

Schwanzlutscher = um belo "sucker" de Schwanz. (Estranhamente, este o Word reconheceu rapidinho, sem nem mesmo ser necessário indicar que era alemão!). Também pode ser só Lutscher.

Titten = forma menos científica pra "seios".

Dirne, Hure, Nutte, Stricherin, Strichmädchen, Weibstück = mulher da vida, com experiência comprovada. Não em carteira. Um termo bom para usar naqueles momentos perversos da vida à deux é Flittchen, que já está devidamente no diminutivo.

Stricher, Strichjunge = versão masculina dessa coisa acima.

Hurensohn = filho de Hure, Hure-filho é.

Zwitter = Hermafrodita.

Zwitterhaft = algo próximo de "andrógeno".

Fick dich = imperativo categórico de Kant.

Schlampe = algo bem próximo de "rampeira".

verpiss dich = apesar do "piss" ser algo explicado, funciona mais como um "fuck off".

Hau Ab! = funciona do mesmo jeito.

Schwuler = termo ofensivo pra gay.

geh fick deine Mutter = "vá fazer com tua mãe o que teu pai fez com ela". Algo como o nosso VPPQP!!

wichser, sich abzapfen, spritzer = verbos de secreção que são o objetivo final de nos esfregarmos em quem amamos.

Frühspritzer = fazer spritzer cedo, muito rápido - id est, ejaculador precoce.

Abschaum, Samen, Samenflüssigkeit = Alguns dizem que "fazem amor". Se se referem a essa coisinha branca aqui, eu conheço outro nome...

After = Cuidado!! Não é "depois", é "ânus"! Bem, de certa forma, é "depois", mesmo.

Sack = é MESMO necessário traduzir isso?!

Er geht mir auf den Sack = praticamente um "Ele é um pé no saco!"

Hoden, Eier = testículos - o último, literalmente, "ovos". Acho que Hodensack também é necessário, quando você precisa guardá-los em algum lugar.

Mutterficker = ah, você pegou a idéia!

7 pessoas leram e discordaram:

Anônimo disse...

ahaha, vou aumentar meu vocabulário de xingos, eu só conhecia scheiß..

ass :@charlesgomesbr

Richard Blase disse...

Großartig. Esteja favoritado.

Flavio Morgenstern disse...

Scheiße! De tão óbvio, acabei nem colocando na lista.


, obrigado pela presença e favoritação. E pode feedelizar-se, que pelo visto estará fazendo um bem a si próprio quase tão grande quanto o que estará fazendo a mim. :)

Anônimo disse...

Bastard seria como?

Flavio Morgenstern disse...

O mais comum é se dizer Schwein ("porco"). Também descobri nas cartas de Marx que ele chama todo mundo de Hund ("cachorro").

tibartz disse...

Não faltou o palavrão "schweinehund"? Você fala mesmo alemão? Onde aprendeu?

Anônimo disse...

O termo "schwuler" não é ofensivo. Equivale apenas a "gay". É claro que você pode usá-lo como "xingamento" (numa sociedade machista pode ser que alguém se ofenda), mas "schwul" é o termo politicamente correto, usado inclusive pelos gays e em nomes de grupos gays pela Alemanha toda.

Postar um comentário

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Palavrões essenciais da língua alemã


(dedicado á Bárbara Magalhães, a essa hora sofrendo com loucos na Marieplatz)

Tenho uma teoria simples para o poliglotismo: a primeira expressão idiomática que você deve aprender em uma língua é "foda-se". Para que perder um precioso tempo de estudos, mais sabiamente aproveitado lendo os clássicos ou masturbando-se feito um chimpanzé, se tudo pode ser resumido a um belo e glorioso foda-se?

Não precisa aprender a dizer "obrigado". Pegue seu presente e diga: foda-se. Não se complique com "desculpe-me", ou "perdão". Pise no pé de todo mundo e apenas rilhe: foda-se. O melhor ainda é passar ordens às carrancas: exija, e quando olharem a espera de um "por favor', vocifere: FODA-SE.

Não gostou da minha teoria? Foda-se, também.

Mas chega um momento na vida do cidadão em que ele vai querer agregar valor ao seu léxico. Por que dizer apenas pau, quando se pode chamar a uma caralha adulta, em possível atividade intracicladiana, de manjoula, bironga, trosoba, jonjolo, saroba, jumelo ou piromba?

Para ajudar meus amiguinhos germanistas, segue uma compilação de um bom vocabulário para se ter na ponta da língua quando estiver na Oktoberfest em Münsch. Assim, quem sabe, você possa surpreender alguém além de si próprio por só saber falar "Scheiße", e achar que tá falando grego por isso.

Wortschatz

Arschloch = O Arsch compreende duas partes: as bochechas e o buraco, que visto de longe se parece com um asterisco ( * ). Arschloch é uma coisa que todo mundo tem e usa diariamente, seja em qual direção e sentido vetorial for. Diz a sabedoria popular brasileira, aliás, que quem o tem, tem medo.

Dumpfbacke = é como "dumb-ass", em inglês. E em português, também.

Fettarsch = literalmente, "fat ass".

Oberarsch = um "grande ass"! Não sei se isso existe em inglês, mas usamos a expressão em português com o mesmo sentido para nos referir a um idiotão.

Herunterholen = palavra mais "imprópria" para masturbação masculina.

Kacke = o equivalente a "merda" (bem sonoro, não?). O verbo é kacken.

Fotze, Pflaume, Scham (Schamlippe = os lábios), Scheide (mais "família"), Muschi = palavrões para as coisas que as mulheres mais escondem - o último, apesar de também ser bem ofensivo, pode ser mais usado em abordagens de carinho entre duas pessoas que se amam e praticam movimentos retilíneos uniformemente variados estando bem casados pela Igreja Católica.

pissen, pinkeln = fazer pipi. O substantivo é Pisse.

Schleimer = capacho, puxa-saco (algo como "lambedor"). Um dos piores xingamentos possíveis na língua (com o perdão do trocadalho).

Puff = um puteiro. A cafetina é Puffmutter.

Schwanz, Steife, Pimmel = nomes para as coisas balangantes masculinas. Bizarramente, o primeiro significa "rabo".

Schwanzlutscher = um belo "sucker" de Schwanz. (Estranhamente, este o Word reconheceu rapidinho, sem nem mesmo ser necessário indicar que era alemão!). Também pode ser só Lutscher.

Titten = forma menos científica pra "seios".

Dirne, Hure, Nutte, Stricherin, Strichmädchen, Weibstück = mulher da vida, com experiência comprovada. Não em carteira. Um termo bom para usar naqueles momentos perversos da vida à deux é Flittchen, que já está devidamente no diminutivo.

Stricher, Strichjunge = versão masculina dessa coisa acima.

Hurensohn = filho de Hure, Hure-filho é.

Zwitter = Hermafrodita.

Zwitterhaft = algo próximo de "andrógeno".

Fick dich = imperativo categórico de Kant.

Schlampe = algo bem próximo de "rampeira".

verpiss dich = apesar do "piss" ser algo explicado, funciona mais como um "fuck off".

Hau Ab! = funciona do mesmo jeito.

Schwuler = termo ofensivo pra gay.

geh fick deine Mutter = "vá fazer com tua mãe o que teu pai fez com ela". Algo como o nosso VPPQP!!

wichser, sich abzapfen, spritzer = verbos de secreção que são o objetivo final de nos esfregarmos em quem amamos.

Frühspritzer = fazer spritzer cedo, muito rápido - id est, ejaculador precoce.

Abschaum, Samen, Samenflüssigkeit = Alguns dizem que "fazem amor". Se se referem a essa coisinha branca aqui, eu conheço outro nome...

After = Cuidado!! Não é "depois", é "ânus"! Bem, de certa forma, é "depois", mesmo.

Sack = é MESMO necessário traduzir isso?!

Er geht mir auf den Sack = praticamente um "Ele é um pé no saco!"

Hoden, Eier = testículos - o último, literalmente, "ovos". Acho que Hodensack também é necessário, quando você precisa guardá-los em algum lugar.

Mutterficker = ah, você pegou a idéia!

7 pessoas leram e discordaram:

Anônimo disse...

ahaha, vou aumentar meu vocabulário de xingos, eu só conhecia scheiß..

ass :@charlesgomesbr

Richard Blase disse...

Großartig. Esteja favoritado.

Flavio Morgenstern on 10 de janeiro de 2011 18:24 disse...

Scheiße! De tão óbvio, acabei nem colocando na lista.


, obrigado pela presença e favoritação. E pode feedelizar-se, que pelo visto estará fazendo um bem a si próprio quase tão grande quanto o que estará fazendo a mim. :)

Anônimo disse...

Bastard seria como?

Flavio Morgenstern on 11 de janeiro de 2011 21:25 disse...

O mais comum é se dizer Schwein ("porco"). Também descobri nas cartas de Marx que ele chama todo mundo de Hund ("cachorro").

tibartz on 7 de junho de 2011 19:11 disse...

Não faltou o palavrão "schweinehund"? Você fala mesmo alemão? Onde aprendeu?

Anônimo disse...

O termo "schwuler" não é ofensivo. Equivale apenas a "gay". É claro que você pode usá-lo como "xingamento" (numa sociedade machista pode ser que alguém se ofenda), mas "schwul" é o termo politicamente correto, usado inclusive pelos gays e em nomes de grupos gays pela Alemanha toda.

Postar um comentário