quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O único horóscopo que COMPROVADAMENTE dá certo!

O caralho tá comendo solto no Twitter devido à notícia mais importante da Humanidade desde a descoberta de que as ostras são comestíveis: nosso horóscopo está errado. Além de, de repente, termos de mudar de signo, novos signos entraram na parada.

Finalmente houve uma prova documental de que signos não funcionam.

Das duas, uma:

a) ou é retardismo tudo aquilo em que acreditamos debilmente como putas virgens, sendo engabelados por charlatães incapazes de definir se 2πr é comprimento da circunferência ou área do círculo, mas que nos cobraram caríssimo, com esgares danbrownianos, para explicar como as trajetórias elípticas da lua, de Urano e das enchentes em Teresópolis definem nosso caráter;

b) ou eles estavam corretíssimos, ao contrário de todos esses adolescentes céticos leitores de Richard Dawkins, e como estavam com dados errados, tudo o que falaram não valeu mais do que um exame de fezes do eliminado no primeiro paredão do BBB de 2004.

Não há escapatória. Assim como não há horoscófilo com destreza para operar um compasso na arte de fazer círculos perfeitos, e assim como foi o único ramo do "saber" humano desprovido de discussões grosso calibre entre seus concorrentes (nem a religião conseguiu essa façanha), também foi a única área em que as subdivisões nunca se degladiaram entre si até a morte, por meio de guerras, atentados e perseguição estatal. Misteriosamente, para estes, tudo funciona, sem nem uma áreazinha ter gosto um pouquinho mais discutível, como runas nórdicas ou búzios, I ching ou borra de café.

Isso nos leva novamente a a uma situação tertium non datur: ou o mais estudioso dos místicos astrológicos tem um conhecimento bem pouco discernível dos charlatães da pracinha, ou seu conhecimento se sustenta tanto quanto gelatina em terremoto.

Puta cá que nos pariu a todos, por que não reclamaram disso antes, quando Plutão deixou de ser planeta pra virar um júnior? Por que não foderam com o horóscopo de vez quando o próprio sistema solar mudou?! Por que só uma movimentaçãozinha da Terra é que faz com que tenhamos de enfiar décadas de astrologia no olho do cu de uma vez e sem vaselina?! Por que todos os astros desse Universo estão tão preocupados em mandar suas energias e influências cósmicas para os animais do planetinha azul?!

Mas agora tudo isso é posto às claras: mesmo se admitirmos com a maior parcimônia o lado dos que gritam "Capricórnio! Libra!" com o mesmo poder de fogo de quem se define gritando "Hadouken!", ainda assim seu conhecimento estava errado. Ou, no mínimo, teria se deslocado tanto que sua previsão para Peixes caiu em Sagitário, e a sua para Leão virou um tal de Serpentário.

Modus operandi

Ora, todos sabemos como funcionam essas definições por signo. Aponta-se um rol de 4 ou 5 adjetivos absolutamente vagos e etéreos que a maioria das pessoas adoraria que fossem atribuídos por todos os outros a elas, e ela imediatamente concordará. E, começando a "estudar" os Arcanos Maiores e Menores, rapidamente estará dizendo que aquarianos são objetivos, que capricornianos se entusiasmam com idéias novas, mas as largam nos últimos momentos, ou que cancerianos morrem carecas na última cena do filme. As definições às vezes ultrapassam demais as raias da insolência, como considerar que taurinos possuem muita força de vontade para aumentar o ânimo geral do grupo, mas se dispersa do grupo assim que atinge seu objetivo, o que me faz pensar se os taurinos são a cúpula do PT, e a turma do Dirceu é composta inteiramente por imaculados virginianos.

Imediatamente, a confraria dos pascácios, compenetrada no exame não da psyché, mas da própria alma humana, usará três exemplos, no trabalho e na família, de pessoas que se comportam conforme esses ditames. Ora, minhas caras antinhas, já consideraram que, da sua lista de 120 amigos no Facebook, ao menos 10 pessoas completamente diferentes estão sob auspícios da influência astral do mesmo signo, e selecionar, deste corpus, quem você acha que se encaixa nas suas definições vira mais fácil que tirar doce de uma formiga? E se não bater com o signo, culpam o ascendente. Ou o ano astral. Ou as 5 casas em fogo. Ou a lua negra em Marte, Urano na casa 7 e Vênus na casa do caralho.

Além do problema dos próprios astros (suponhamos, por exemplo, que Vênus na casa do caralho seja responsável pelos surtos populacionais que a humanidade sofre, de tempos em tempos), também ignora-se o problema do método para se entender tais influências. E, curiosamente, os pacóvios que acreditam em um tipo de astrologia (seja do Metrô News ou do Portal Terra) estão sempre predispostas a acreditar em uma putada de outras. E o que nos faz repisar o problema de alguém acreditar em tarô, e também em quiromancia, runas, búzios, orixás, duendes, elfos, papai noel e psicanálise - nunca uma discussão de métodos, nunca um meio termo, nunca um "acredito num só", nunca uma salutar briguinha interna em fóruns da internet.

Mas eu vos apresento a solução para todos os vossos problemas.

O único horóscopo que COMPROVADAMENTE dá certo!

Ora, essa de 12 signos está se provando complicada. A terra não demora exatamente 365 dias de 24 exatas fucking horas para dar sua volta pelo Sol. E depois de passarem uns anos, em que corrigimos o calendário, percebemos que devemos pegar todas as rotas de colisão de signos antes disso, enrolar bem e enfiar. Se nem computadores conseguem calcular direito rotas de asteróides, é paunocuzismo do mais fanático acreditar que a Susan Miller ou a Mãe Dinah conseguem descobrir se você vai abandonar seus amigos com isso.

Mas os místicos, aqueles desesperados para acreditar em alguma bobagem qualquer, não precisam se desesperar: ainda há um horóscopo que demonstra que, se os astros exercem influência no caráter e destino do indivíduo, essa ciência pode ser conhecida pela humanidade. O horóscopo chinês.

Nunca havia compreendido qual a porra do sentido de um horóscopo cujos signos são apenas os anos de nascimento. Todo mundo que nasce num ano é rato, depois galo, depois perereca, depois bicho do pé, depois mosca varejeira e depois o Capitão Planeta. Mas resolvi o mistério.

Todo mundo que nasceu no mesmo ano que eu sofreu as mesmas influências cósmicas: vimos o Muro de Berlim cair e, de tanto que ouvíamos falar em Alemanha, achávamos que era uma espécie de lugar para onde as pessoas boas iam depois que morriam. Tínhamos medo do Saddam. Assistíamos Jaspion. Nos assustamos com Freddy Krueger. Vibramos de emoção na última luta do Último Dragão Branco, embora ninguém acreditasse que ele perderia mais do que uns dentes no final.

Isso sim moldou nossa personalidade. Pode perguntar para todo mundo que é do signo de rato se não são parecidos. Se não sofrem dos mesmos problemas com trabalho (porque começaram a trabalhar no mesmo ano), com amor (porque se apaixonaram todos pela mesma gatinha ruiva que aos 13 anos manipulava mais jebas que urologista de penitenciária) e tiveram de enfrentar os mesmos períodos de crise (que fez com que só os mais abastados comprassem logo o Mega Drive, deixando para os fodidos o glorioso espólio de ter um muito superior Super Nintendo 2 anos depois).

Fale a verdade: quantas pessoas você conhece de Escorpião, Aquário ou Áries que compartilham tão bem das mesmas características de signos? Sigam os chineses e leiam seu horóscopo. É garantidamente mais funcional do que esperar uma definição de signos mela-cueca de quem não sabe o que é um astrolábio.

3 pessoas leram e discordaram:

bruno disse...

Não consegui discordar de nada do que você disse porque meu signo x com ascendente na casa do caralho me faz ser uma pessoa muito cordata. E isso me lembra que, contraditóriamente,em vidas passadas eu sempre fui gente pouco cordata:um imperador da Assíria, um consul romano, um principe russo, essa gentinha...

Jackson disse...

Sensaional

Flavio Morgenstern disse...

bruno, tem certeza de que não era Joana D'Arc nem Napoleão? São os campeoníssimos de reencarnações por aí. Quando era espírita conhecia uns 10 de cada um.

Postar um comentário

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O único horóscopo que COMPROVADAMENTE dá certo!


O caralho tá comendo solto no Twitter devido à notícia mais importante da Humanidade desde a descoberta de que as ostras são comestíveis: nosso horóscopo está errado. Além de, de repente, termos de mudar de signo, novos signos entraram na parada.

Finalmente houve uma prova documental de que signos não funcionam.

Das duas, uma:

a) ou é retardismo tudo aquilo em que acreditamos debilmente como putas virgens, sendo engabelados por charlatães incapazes de definir se 2πr é comprimento da circunferência ou área do círculo, mas que nos cobraram caríssimo, com esgares danbrownianos, para explicar como as trajetórias elípticas da lua, de Urano e das enchentes em Teresópolis definem nosso caráter;

b) ou eles estavam corretíssimos, ao contrário de todos esses adolescentes céticos leitores de Richard Dawkins, e como estavam com dados errados, tudo o que falaram não valeu mais do que um exame de fezes do eliminado no primeiro paredão do BBB de 2004.

Não há escapatória. Assim como não há horoscófilo com destreza para operar um compasso na arte de fazer círculos perfeitos, e assim como foi o único ramo do "saber" humano desprovido de discussões grosso calibre entre seus concorrentes (nem a religião conseguiu essa façanha), também foi a única área em que as subdivisões nunca se degladiaram entre si até a morte, por meio de guerras, atentados e perseguição estatal. Misteriosamente, para estes, tudo funciona, sem nem uma áreazinha ter gosto um pouquinho mais discutível, como runas nórdicas ou búzios, I ching ou borra de café.

Isso nos leva novamente a a uma situação tertium non datur: ou o mais estudioso dos místicos astrológicos tem um conhecimento bem pouco discernível dos charlatães da pracinha, ou seu conhecimento se sustenta tanto quanto gelatina em terremoto.

Puta cá que nos pariu a todos, por que não reclamaram disso antes, quando Plutão deixou de ser planeta pra virar um júnior? Por que não foderam com o horóscopo de vez quando o próprio sistema solar mudou?! Por que só uma movimentaçãozinha da Terra é que faz com que tenhamos de enfiar décadas de astrologia no olho do cu de uma vez e sem vaselina?! Por que todos os astros desse Universo estão tão preocupados em mandar suas energias e influências cósmicas para os animais do planetinha azul?!

Mas agora tudo isso é posto às claras: mesmo se admitirmos com a maior parcimônia o lado dos que gritam "Capricórnio! Libra!" com o mesmo poder de fogo de quem se define gritando "Hadouken!", ainda assim seu conhecimento estava errado. Ou, no mínimo, teria se deslocado tanto que sua previsão para Peixes caiu em Sagitário, e a sua para Leão virou um tal de Serpentário.

Modus operandi

Ora, todos sabemos como funcionam essas definições por signo. Aponta-se um rol de 4 ou 5 adjetivos absolutamente vagos e etéreos que a maioria das pessoas adoraria que fossem atribuídos por todos os outros a elas, e ela imediatamente concordará. E, começando a "estudar" os Arcanos Maiores e Menores, rapidamente estará dizendo que aquarianos são objetivos, que capricornianos se entusiasmam com idéias novas, mas as largam nos últimos momentos, ou que cancerianos morrem carecas na última cena do filme. As definições às vezes ultrapassam demais as raias da insolência, como considerar que taurinos possuem muita força de vontade para aumentar o ânimo geral do grupo, mas se dispersa do grupo assim que atinge seu objetivo, o que me faz pensar se os taurinos são a cúpula do PT, e a turma do Dirceu é composta inteiramente por imaculados virginianos.

Imediatamente, a confraria dos pascácios, compenetrada no exame não da psyché, mas da própria alma humana, usará três exemplos, no trabalho e na família, de pessoas que se comportam conforme esses ditames. Ora, minhas caras antinhas, já consideraram que, da sua lista de 120 amigos no Facebook, ao menos 10 pessoas completamente diferentes estão sob auspícios da influência astral do mesmo signo, e selecionar, deste corpus, quem você acha que se encaixa nas suas definições vira mais fácil que tirar doce de uma formiga? E se não bater com o signo, culpam o ascendente. Ou o ano astral. Ou as 5 casas em fogo. Ou a lua negra em Marte, Urano na casa 7 e Vênus na casa do caralho.

Além do problema dos próprios astros (suponhamos, por exemplo, que Vênus na casa do caralho seja responsável pelos surtos populacionais que a humanidade sofre, de tempos em tempos), também ignora-se o problema do método para se entender tais influências. E, curiosamente, os pacóvios que acreditam em um tipo de astrologia (seja do Metrô News ou do Portal Terra) estão sempre predispostas a acreditar em uma putada de outras. E o que nos faz repisar o problema de alguém acreditar em tarô, e também em quiromancia, runas, búzios, orixás, duendes, elfos, papai noel e psicanálise - nunca uma discussão de métodos, nunca um meio termo, nunca um "acredito num só", nunca uma salutar briguinha interna em fóruns da internet.

Mas eu vos apresento a solução para todos os vossos problemas.

O único horóscopo que COMPROVADAMENTE dá certo!

Ora, essa de 12 signos está se provando complicada. A terra não demora exatamente 365 dias de 24 exatas fucking horas para dar sua volta pelo Sol. E depois de passarem uns anos, em que corrigimos o calendário, percebemos que devemos pegar todas as rotas de colisão de signos antes disso, enrolar bem e enfiar. Se nem computadores conseguem calcular direito rotas de asteróides, é paunocuzismo do mais fanático acreditar que a Susan Miller ou a Mãe Dinah conseguem descobrir se você vai abandonar seus amigos com isso.

Mas os místicos, aqueles desesperados para acreditar em alguma bobagem qualquer, não precisam se desesperar: ainda há um horóscopo que demonstra que, se os astros exercem influência no caráter e destino do indivíduo, essa ciência pode ser conhecida pela humanidade. O horóscopo chinês.

Nunca havia compreendido qual a porra do sentido de um horóscopo cujos signos são apenas os anos de nascimento. Todo mundo que nasce num ano é rato, depois galo, depois perereca, depois bicho do pé, depois mosca varejeira e depois o Capitão Planeta. Mas resolvi o mistério.

Todo mundo que nasceu no mesmo ano que eu sofreu as mesmas influências cósmicas: vimos o Muro de Berlim cair e, de tanto que ouvíamos falar em Alemanha, achávamos que era uma espécie de lugar para onde as pessoas boas iam depois que morriam. Tínhamos medo do Saddam. Assistíamos Jaspion. Nos assustamos com Freddy Krueger. Vibramos de emoção na última luta do Último Dragão Branco, embora ninguém acreditasse que ele perderia mais do que uns dentes no final.

Isso sim moldou nossa personalidade. Pode perguntar para todo mundo que é do signo de rato se não são parecidos. Se não sofrem dos mesmos problemas com trabalho (porque começaram a trabalhar no mesmo ano), com amor (porque se apaixonaram todos pela mesma gatinha ruiva que aos 13 anos manipulava mais jebas que urologista de penitenciária) e tiveram de enfrentar os mesmos períodos de crise (que fez com que só os mais abastados comprassem logo o Mega Drive, deixando para os fodidos o glorioso espólio de ter um muito superior Super Nintendo 2 anos depois).

Fale a verdade: quantas pessoas você conhece de Escorpião, Aquário ou Áries que compartilham tão bem das mesmas características de signos? Sigam os chineses e leiam seu horóscopo. É garantidamente mais funcional do que esperar uma definição de signos mela-cueca de quem não sabe o que é um astrolábio.

3 pessoas leram e discordaram:

bruno on 17 de janeiro de 2011 05:39 disse...

Não consegui discordar de nada do que você disse porque meu signo x com ascendente na casa do caralho me faz ser uma pessoa muito cordata. E isso me lembra que, contraditóriamente,em vidas passadas eu sempre fui gente pouco cordata:um imperador da Assíria, um consul romano, um principe russo, essa gentinha...

Jackson disse...

Sensaional

Flavio Morgenstern on 1 de março de 2011 11:56 disse...

bruno, tem certeza de que não era Joana D'Arc nem Napoleão? São os campeoníssimos de reencarnações por aí. Quando era espírita conhecia uns 10 de cada um.

Postar um comentário